Salto ideal!

dicas-saltoalto

 

Muitas mulheres se esquecem de que é preciso adequar cada tendência a seu biotipo.  A estilista Telma Pólo explica que mulheres com as pernas muito finas ou compridas, por exemplo, devem evitar saltos muito grossos e pesados, pois fazem com que o corpo pareça desproporcional. “O ideal é usar sapatos com saltos mais finos, que acompanham a silhueta e compõem um visual harmonioso”, diz.

  • Sapato para as baixinhas ou muito altas

Para mulheres muito altas que querem manter a elegância sem parecerem ainda maiores, a dica da estilista são os saltos médios e mais finos. As sapatilhas estão liberadas para todos os biotipos, desde que conversem com o look e sejam adequados à ocasião.

Já para as baixinhas, ela indica saltos maiores e mais grossos, ou sapatilhas de bico fino e sapatos de salto na cor nude, pois alongam a silhueta. “Mas atenção ao excesso! Saltos altos demais fazem com que o corpo fique desproporcional, podendo arruinar qualquer look”, alerta.

 

  • Calçado ideal para as gordinhas

Quem tem os tornozelos finos deve fugir de saltos grossos e pesados e abusar de saltos finos,ankle boots, gladiadoras e modelos com amarrações nos tornozelos, ao contrário de quem está com uns quilinhos a mais, pois as amarrações fazem com que os tornozelos e panturrilhas pareçam ainda maiores. “O ideal é usar sapatos com salto cone, bloco e modelos que evidenciem o peito do pé. As anabelas são mais que perfeitas para as mulheres com este perfil, pois, além de serem um clássico que não sai nunca de moda, têm a base maior e proporcionam mais conforto e segurança para quem usa”, diz. Além disso, existe o perigo de sobrecarregar os pés e as articulações com a base pequena. “O salto agulha, por exemplo, não cai bem nas mais cheinhas, pois desequilibra a proporção do corpo”.

Mas alguns calçados são verdadeiros curingas e caem bem para qualquer pessoa e ocasião. “Ossaltos quadrados estão liberados para todas. Além de serem super bonitos, elegantes e confortáveis, ficam super harmônicos com qualquer tipo de corpo”, afirma.

 

  • Riscos do uso de salto alto

Além das questões estéticas, o tipo de sola dos calçados interfere em diversas patologias do pé. Os que exigem mais cuidado são os saltos muito altos. “Eles podem predispor à entorses do tornozelo e, ao serem usados rotineiramente provocam um aumento de pressão na região dos dedos, que favorece o desenvolvimento do joanete, deformidade nos dedos menores e calosidades”, afirma o ortopedista Tônio Fernandes.

 

 

Fonte: Bolsa de Mulher